Home
Botao pesquisar - Imip

busca

Arquivos

ASCOM

Juliana Guerra

Maiara Andrade

Ísis Lima

Dezembro laranja: IMIP participa de mutirão contra câncer de pele

Chegou o Dezembro Laranja, movimento que orienta sobre exposição solar adequada, prevenção e diagnóstico precoce do câncer de pele. A ação realizada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) é marcada por um mutirão de atendimento. O IMIP oferecerá consulta das 9h às 15 horas, ao lado dos Hospitais das Clínicas, da Universidade Federal de Pernambuco (HC/UFPE), do Otávio de Freitas (HOT) e do Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), e ainda do Centro de Estudos Dermatológicos do Recife (Ceder) da Santa Casa de Misericórdia do Recife.

Através do slogan Se exponha, mas não se queime, a campanha busca conscientizar e educar as pessoas sobre os riscos do câncer da pele em consequência da exposição excessiva ao sol sem proteção, lembrando que filtro solar não é o único cuidado contra a radiação ultravioleta.

Essa é a 18ª edição da Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer da Pele da Sociedade Brasileira de Dermatologia. De acordo com a dermatologista do IMIP, Deborah castro, é fundamental reforçar a importância da proteção diária para prevenção, além de alertar que a identificação precoce do câncer da pele aumenta as chances de cura e evita danos ou mutilações mais profundas.

A recomendação da SBD é a de que as pessoas, especialmente aquelas que trabalham em exposição direta ao sol, usem equipamentos de proteção individual, tais como chapéus de abas largas, óculos escuros, roupas que cubram boa parte do corpo e protetores solares com fator de proteção solar (FPS) de 30, no mínimo.

A hidratação constante também faz parte dessas medidas fotoprotetoras, sem deixar de evitar os horários de maior insolação: de 10h às 16h.

Previna-se – Evite o sol entre 10h e 16h – Aplique o protetor solar diariamente (fator de proteção de no mínimo 30) e repita a aplicação a cada duas horas – Use camiseta, chapéu de abas largas, sombrinha e guarda-sol – Não se esqueça dos óculos escuros, de preferência com lentes de boa qualidade.

De acordo com a SBD,  o câncer da pele é provocado pelo crescimento anormal das células que compõem a pele. Existem diferentes tipos que podem se manifestar de formas distintas, sendo os mais comuns denominados carcinoma basocelular e carcinoma espinocelular (chamados de câncer não melanoma) e que apresentam altos percentuais de cura se diagnosticados e tratados precocemente. Um terceiro tipo, o melanoma, apesar de não ser o tipo de câncer da pele mais incidente, é o mais agressivo e potencialmente letal. Quando descoberto no início, a doença tem mais de 90% de chance de cura.

Em todos os tipos, a exposição excessiva e sem proteção ao sol é a principal causa de câncer da pele. A doença pode se manifestar como uma pinta ou mancha, geralmente acastanhada ou enegrecida; como uma pápula ou nódulo avermelhado, cor da pele e perolado (brilhoso); ou como uma ferida que não cicatriza. Mais informações podem ser obtidas no www.sbd.org.br

 

Publicado em Wed Dec 06 07:59:00 CST 2017

busca

Arquivos

ASCOM

Juliana Guerra

Maiara Andrade

Ísis Lima

Logo - Imip

(81) 2122.4100

Rua dos Coelhos | 300 Boa Vista - Recife - PE - Brasil | CEP 50070-550

(81) 2122.4100