Home
Botao pesquisar - Imip

Realize uma busca

Arquivos

ASCOM

Juliana Guerra

Maiara Andrade

Scharlene Guedes

Contato: 81 2122.4724

Dicas de Saúde

Dicas de Saúde: Médico do IMIP explica a origem da tosse em crianças

Tosse é um sintoma comum na infância e um dos grandes problemas que os papais e mamães de crianças pequenas enfrentam. Além disso, é fonte de angústia de muitos pais que não sabem a origem da tosse, se é algo mais “ameno” ou mais sério, como quando a origem do problema é bacteriana. Para as situações em que a tosse não é grave, existem maneiras de amenizar o desconforto.

 

Aquela dica antiga de hidratar a criança resfriada continua imbatível. Ofereça água, sucos e sopas. A medida é importante para umedecer —isso mesmo! — o muco. Assim, fica mais fácil eliminá-lo do organismo e, por conseqüência, a tosse vai embora mais depressa. A nebulização caseira com inalador e o vapor do banho, que também fazem chegar líquido aos pulmões, agem da mesma forma.

 

Além disso, o quarto da criança deve ser mantido limpo e bastante arejado, livre de fumaça de cigarros, incensos ou odores fortes.Vale lembrar que o fumo passivo é grande causador da tosse crônica em crianças. Estudos mostram que bebês de pais fumantes, por exemplo, têm mais chances de desenvolver bronquite. O pediatra do IMIP, Dr. João Guilherme B. Alves, tira as principais dúvidas dos pais e cuidadores sobre o assunto:

 

1- O que faz a criança tossir?

A tosse é ocasionada pela irritação dos terminais dos nervos do trato respiratório. Essa irritação pode ser por várias causas: inflamação das vias aéreas, rolha de muco que esteja obstruindo as vias aéreas, exposição a algum irritante, drenagem de secreção e outras causas.


2- A tosse é uma doença?

Não. A tosse é um sintoma de uma condição que requer atenção médica. Existem centenas de causas de tosse.


3- E é verdade que a tosse é um mecanismo de defesa do organismo?

Sim. A tosse funciona como uma "varredura" da árvore respiratória, expelindo o excesso de muco das vias aéreas.


4- Qual é a causa mais comum de tosse?

Os resfriados são as causas mais freqüentes da tosse. Geralmente, duram entre 1 a 3 semanas e se acompanham de outros sinais de infecção das vias aéreas superiores: coriza, espirros e obstrução nasal. A febre, quando presente nos quadros de resfriado, habitualmente não ultrapassa o período de 72 horas.


5- E quando a tosse de um resfriado passa de 3 semanas?

Aí passa a ser chamada de tosse crônica e há necessidade de uma avaliação médica para verificar a existência de alguma complicação do resfriado: otite, sinusite ou bronquite.


6- E as tosses alérgicas, são comuns?

Sim, são bastante freqüentes. Alguns estudos apontam que de cada 10 crianças que vivem em uma grande metrópole, 2 a 3 delas apresentam episódios de tosse alérgica.


7- Quando suspeitar de uma tosse alérgica?

Chama atenção o início rápido do sintoma, sem associação com quadro infeccioso (sem febre, nem moleza ou mal estar), muitas vezes após contato com algum ambiente específico (poeira ou mofo) ou mudança de clima. Habitualmente existem casos entre os familiares.


8- A tosse noturna é sempre de causa alérgica?

Não. Existem outras causas de tosse noturna, como por exemplos a sinusite e a doença do refluxo gastro-esofágico.


9- E a asma brônquica, também pode provocar tosse?

Sim. A asma é uma causa comum de tosse crônica em crianças. Em algumas delas, a tosse pode ser a única manifestação da asma. Em outras, a crise asmática com cansaço, se inicia com a tosse.


10- Eu tenho um filho que tem "cansaço", o médico falou que era asma alérgica. Toda vez que ele quer cansar começa logo tossindo. Qual o remédio que eu devo dar para essa tosse?

Você deve dar de imediato algum tipo de medicamento chamado "broncodilatador" (salbutamol, fenoterol, etc), para evitar que ele tenha uma crise de asma. Esses tipos de medicamentos, quando administrados assim que a criança começa a tossir, geralmente abortam a crise de asma.


11- E aquela tosse seca que a criança fica rouca de tanto tossir?

Nesses casos, geralmente ocorre o acometimento da laringe. A criança fica rouca pela inflamação da laringe (laringite), ocasionada habitualmente por algum tipo de vírus, e não propriamente pela tosse. Os pais devem ficar atentos para um sinal de perigo nesses casos, a falta de ar, mais precisamente a dificuldade na inspiração, chegando a fazer um barulho, "instridor". Acontecendo isso, um serviço de pronto atendimento médico deve procurado de imediato.


12- E a "tosse comprida"?

É característica da coqueluche, doença provocada por uma bactéria (Bordetella pertussis). Começa como se fosse um simples resfriado e a tosse vai piorando, chegando a durar mais de 1 mês; é esse o motivo pelo qual é conhecida com o nome de "tosse comprida" . É aquela tosse que vem em acessos paroxísticos, ocorrendo sem pausas respiratórias (a criança parece que vai embora com a tosse) e depois se segue um "guincho" inspiratório. Muitas vezes as crianças chegam a ficar com os lábios roxos nessas crises. Felizmente, devido aos programas de vacinas, essa doença está ficando incomum.


13- Existe tosse emocional?

Sim, também conhecida como tosse psicogênica. Nela não existe uma causa orgânica aparente. Problemas emocionais e psicológicos podem provocar a tosse. Entretanto, antes de se firmar esse diagnóstico, outras causas de tosse devem ser afastadas.


14- A criança que está com alguma infecção respiratória e apresenta tosse pode ir para a escola?

Como a tosse provoca a disseminação de partículas respiratórias no meio ambiente, o ideal é que a criança se abstenha de ir à escola até ficar boa da infecção.


15- Meu marido fuma. Isso pode piorar a tosse do meu filho?

Sim, e muito. Quase a metade dos filhos de pais fumantes apresenta tosse crônica. É que nessa situação a criança passa a ser um fumante passivo.


16- Quando meu filho tosse muito eu só penso que pode ser uma pneumonia ...

Nas pneumonias, além da tosse, a criança começa a ter febre e "cansaço", além de sinais de acometimento geral (perda do apetite, adinamia, mal estar...).


17- Na semana passada, minha filha de 2 anos de idade foi dormir bem, mas acordou no meio da noite com uma "tosse de cachorro" e começou a ficar com "cansaço" . O que terá sido isso?

Provavelmente ela teve um quadro de laringite estridulosa. Essa é uma situação que acomete mais as crianças que tem alergia respiratória. A criança vai dormir bem e desperta com tosse intensa, sem febre ou outros sintomas de infecção, e começa a apresentar "cansaço". A regressão é rápida; a maioria das crianças apresenta melhora antes mesmo de chegar ao serviço médico.


18- Remédios para sedar a tosse podem ser usados?

Não. Eles têm indicação apenas naqueles casos de tosse seca (sem secreção), que interfere com o repouso da criança e as suas atividades no dia a dia. Além disso, esses medicamentos nunca devem ser utilizados em menores de 1 ano.


19- Quando meu filho tosse depois da alimentação bota tudo para fora. O que eu devo fazer?

Aguarde um pouco e volte a alimentá-lo, sempre respeitando a sua vontade. Caso os vômitos sejam repetitivos, procure atendimento médico.


20- Os expectorantes têm valor no tratamento da tosse?

Não. O único expectorante que realmente funciona é a água. Por isso, água é remédio para criança que apresenta tosse cheia, produtiva (quando faz barulho de secreção ou catarro).


21- E o mel?

O mel, assim como o limão, apresentam certas propriedades que ajudam no controle da tosse. Da mesma forma, um lambedor caseiro também ajuda.


22- Quando a tosse passa a ser preocupante?

Quando a criança apresenta algum desses sinais:
- dificuldade para respirar
- se mostra abatida
- tem febre por mais de 3 dias
- a tosse já dura mais de 3 semanas.

 

* Esta é uma seção de caráter informativo, para maiores esclarecimentos sobre o assunto procure um profissional médico.

Publicado em Wed Aug 02 05:33:00 CDT 2017

Realize uma busca

Arquivos

ASCOM

Juliana Guerra

Maiara Andrade

Scharlene Guedes

Contato: 81 2122.4724

Logo - Imip

(81) 2122.4100

Rua dos Coelhos | 300 Boa Vista - Recife - PE - Brasil | CEP 50070-550

(81) 2122.4100