Home
Botao pesquisar - Imip

Realize uma busca

Arquivos

ASCOM

Juliana Guerra

Maiara Andrade

Scharlene Guedes

Contato: 81 2122.4724

COMEMORAÇÃO

IMIP celebra 30 anos do Centro de Atenção à Mulher com palestra do renomado Aníbal Faúndes

  • Crédito:
  • Crédito:
  • Crédito:
  • Crédito:
  • Crédito:
  • Crédito:
  • Crédito:
  • Crédito:
  • Crédito:
  • Crédito:

O IMIP celebrou na manhã de hoje (02.05) os 30 anos do Centro de Atenção à Mulher com palestra do renomado Professor Aníbal Faúndes, sob o tema "Saúde da Mulher e Direitos Sexuais e Reprodutivos". O evento foi aberto pela coordenadora do CAM, Adriana Scavuzzi, que fez uma breve retrospectiva sobre a trajetória do Centro, tendo à frente o saudoso médico Dr. Luiz Carlos Santos.

Um dos médicos mais antigos do Instituto, Dr. Luiz Carlos fundou o CAM-IMIP, em 1987, tendo como principal missão promover a melhoria da qualidade da assistência prestada pela instituição ao atendimento às gestantes e aos recém-nascidos. Ele instalou e manteve um serviço equilibrado na quantidade e na qualidade da assistência à mulher, sendo admirado por toda uma geração de obstetras.

A superintendente geral do IMIP, Dra. Tereza Campos, agradeceu a presença de todos e destacou a importância da trajetória do convidado para garantir a saúde das mulheres. Aníbal Faúndes é professor emérito da Universidade Estadual de Campinas - Unicamp, pesquisador sênior do Centro de Pesquisa em Saúde reprodutiva de Campinas, e pesquisador da Federação Internacional das Sociedades de Obstetrícias e Ginecologia (FIGO).

Em sua palestra, falou sobre os direitos sexuais e reprodutivos das mulheres. O médico defende a descriminalização do aborto, uma das principais causas de morte materna, segundo ele. “São dois os mecanismos para reduzir os abortos, educação sobre sexualidade e informação sobre métodos contraceptivos eficazes, além de acesso a eles”, disse Faúndes. Crítico a condenação de quem aborta, Faúndes afirma que a mulher que faz aborto não é favorável, mas o vê como solução.

Com relação à saúde sexual, é a mortalidade materna, que no Brasil e nos outros países da América Latina alcança números injustificáveis. A mulher morre na gestação, no parto e no pós-parto e não aparece nas estatísticas. “Quando se pergunta por que morreu, a conclusão é hemorragia, insuficiência renal aguda, anemia. Mas a hemorragia ocorre no parto, no aborto. Nos lugares em que é crime, oculta-se a morte por aborto”, afirmou o professor na palestra.

Aos 85 anos, o médico chileno Anibal Faúndes é especialista em reprodução humana e sexualidade feminina. Faúndes ajudou a transformar a maneira de cuidar da saúde das mulheres no final dos anos 1980, ao mostrar que os programas voltados para elas não as beneficiavam, e ainda hoje mantém uma agenda repleta de compromissos.

Após a palestra, vários profissionais do CAM, como os médicos Antonio Monteiro, Geisy Lima e Marcos Ferreira, receberam menções honrosas e um buquê de flores pelos serviços prestados, assim como a enfermeira Karla da Silva Ramos e a técnica em enfermagem, Maria de Fátima da Silva. A viúva de Luiz Carlos, Silvia Pontual, também estava presente e foi homenageada. Após o evento, houve o corto de bolo entre os profissionais que fazem o CAM-IMIP.

Publicado em Tue May 02 08:42:00 CDT 2017

Realize uma busca

Arquivos

ASCOM

Juliana Guerra

Maiara Andrade

Scharlene Guedes

Contato: 81 2122.4724

Logo - Imip

(81) 2122.4100

Rua dos Coelhos | 300 Boa Vista - Recife - PE - Brasil | CEP 50070-550

(81) 2122.4100