Home
Botao pesquisar - Imip

Realize uma busca

Arquivos

ASCOM

Juliana Guerra

Maiara Andrade

Scharlene Guedes

Contato: 81 2122.4724

IMIP comemora alta adesão à residência em Medicina da Família

IMIP está comemorando a alta adesão à residência em Medicina da Família. Seis novos alunos assumiram a residência essa semana, totalizando nove na especialidade, o que é considerado um feito inédito, já que a procura era muito baixa. “Isso resulta de uma política educacional priorizada pelo IMIP e pela Faculdade Pernambucana de Saúde de valorizar o médico generalista em consonância com as diretrizes do Ministério da Educação e da Saúde”, comemora o pediatra Eduardo Jorge, coordenador geral das residências médicas do IMIP.


Dos seis novos residentes, três são ex-alunos da FPS. “Trata-se de uma concretização de um investimento na qualificação do SUS a partir do aprimoramento da medicina da família”, atesta. Logo no primeiro semestre da graduação de Medicina na FPS, os alunos têm acesso na prática aos Programas de Saúde da Família. A residente Juliana Neves escolheu essa residência pelo desejo de cuidar de todos, seja criança, adulto ou idoso. “Tenho vontade de cuidar das pessoas, com um olhar mais de perto da atenção básica, conhecendo o contexto e a família”, comentou a ex-aluna da FPS. Além disso, ela escolheu o IMIP por considerar a Instituição como uma referência no cuidado e na qualidade da assitência à saúde.


A Medicina da Família pode reduzir em 80% os problemas de saúde da população, segundo a Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade. A especialidade visa à detectação precoce e o tratamento das doenças logo em sua fase inicial, evitando o agravamento com o tempo, o que significa mais custos para o sistema e sofrimento para as pessoas. O IMIP oferece 20 vagas para a residência de Medicina da Família, o que demonstra o escopo institucional em qualificar e formar o médico generalista.


De acordo com o Ministério da Saúde, a Estratégia Saúde da Família (ESF) tem como objetivo a reorganização da atenção básica no País, de acordo com os preceitos do Sistema Único de Saúde, e é tida pelo Ministério da Saúde e gestores estaduais e municipais como estratégia de expansão, qualificação e consolidação da atenção básica por favorecer uma reorientação do processo de trabalho com maior potencial de aprofundar os princípios, diretrizes e fundamentos da atenção básica, de ampliar a resolutividade e impacto na situação de saúde das pessoas e coletividades, além de propiciar uma importante relação custo-efetividade.

 

Publicado em Thu Apr 06 06:32:00 CDT 2017

Realize uma busca

Arquivos

ASCOM

Juliana Guerra

Maiara Andrade

Scharlene Guedes

Contato: 81 2122.4724

Logo - Imip

(81) 2122.4100

Rua dos Coelhos | 300 Boa Vista - Recife - PE - Brasil | CEP 50070-550

(81) 2122.4100