Home
Botao pesquisar - Imip

busca

Arquivos

ASCOM

Juliana Guerra

Maiara Andrade

Ísis Lima

O que se sabe até agora sobre a Síndrome Multissistêmica Inflamatória Pediátrica associada à Covid-19

As evidências científicas já comprovaram que, na maioria dos casos, as crianças infectadas pela Covid-19 não apresentam sintomas e costumam ser assintomáticas. No entanto, o surgimento de uma doença possivelmente associada à infecção pela Covid-19 tem preocupado pediatras e, principalmente, os pais. A Síndrome Multissistêmica Inflamatória Pediátrica (SMIP) já foi confirmada em dez pacientes em Pernambuco.

A coordenadora Geral da Pediatria do IMIP, Mônica Coentro, explica em qual período a síndrome começa a se manifestar. “Não temos evidências científicas ainda para comprovar, mas temos observado que essa síndrome aparece cerca de duas semanas após a criança ter tido a Covid-19 e ela pode ter sido assintomática”, alertou.

Os sintomas da doença são febre alta, podendo passar até mais de quatro dias, conjuntivite não purulenta, vômito, diarreia, manchas no corpo, edemas nas mãos e nos pés e dor abdominal. A pediatra explica que ainda não é possível afirmar que a síndrome pode ser desenvolvida por outros fatores. “Ainda não se sabe exatamente. Até agora, as evidências mostram uma correlação com a Covid-19. E a criança corre muitos riscos porque é uma doença potencialmente fatal, já que ela desencadeia um processo inflamatório que atinge várias partes do corpo. Essas crianças têm pouco comprometimento pulmonar, mas por conta do quadro generalizado, na maioria das vezes, elas precisam ser intubadas e colocadas em respirador”, alertou a médica.

De acordo com a médica, os sintomas da SMIP se assemelham com os da doença de Kawasaki. No entanto, a idade dos pacientes tem ajudado os médicos a diferenciar o diagnóstico. “O que a gente tem observado é que crianças maiores, geralmente a partir dos 4 anos de idade, são acometidas, podendo atingir até os adolescentes. Essa é uma das diferenças que a gente faz em relação à doença de Kawasaki, que se apresenta de forma muito parecida, mas geralmente afeta crianças menores de 5 anos”, explicou.

O diagnóstico precoce da SMIP pode ajudar no controle do processo inflamatório com o uso de medicamentos indicados para tratar a doença.

Publicado em 14/09/2020 06:35

busca

Arquivos

ASCOM

Juliana Guerra

Maiara Andrade

Ísis Lima

Logo - Imip

(81) 2122.4100

Rua dos Coelhos | 300 Boa Vista - Recife - PE - Brasil | CEP 50070-902

(81) 2122.4100