Home
Botao pesquisar - Imip

Realize uma busca

Arquivos

ASCOM

Juliana Guerra

Maiara Andrade

Scharlene Guedes

Contato: 81 2122.4724

ATENÇÃO

Superintendente geral do IMIP inaugura novas instalações do Espaço Canguru

A inauguração integra as celebrações em torno do 56º aniversário do IMIP

  • Crédito:
  • Crédito:
  • Crédito:

O IMIP inaugurou na manhã desta quarta-feira (15.06) as novas instalações da Unidade Canguru, que juntamente com a Instituição, comemora 22 anos de funcionamento. A solenidade contou com a presença da superintendente geral do IMIP, Tereza Campos, diretoria do IMIP e representantes da Queiroz Galvão, parceira do IMIP nesta reforma. 

Em seu discurso, Tereza Campos agradeceu a parceria com a construtora, reforçando a importância de gestos como esse. “Apoios como esse são fundamentais para continuarmos a oferecer pelo SUS, serviços de qualidade”, afirmou.
A presidente da FAF, Silvia Rissin, reforçou a importância do Método Canguru no tratamento humanizado ao bebê de baixo peso. O espaço ganhou ambientação modernizada, além de dois consultórios, totalizando quatro salas de consultas.
Um dos espaços novo, denominado “Cuidando de Quem Cuida”, é voltada para os profissionais que atuam no setor. “A concretização dessa reforma é um sonho antigo para que possamos melhor atender os nossos pacientes”, afirmou a pediatra Geisy Lima, coordenadora da Unidade Canguru do IMIP.

A Unidade Neonatal do IMIP, da qual o Espaço Canguru faz parte, foi pioneira no Brasil quando em 1994 implantou o Método Canguru que serviu de modelo para o Ministério da Saúde, tornando-o política pública como padrão a ser adotado nas maternidades brasileiras. Foi reconhecido pelo Ministério da Saúde como o primeiro Centro de Referência Nacional. A Unidade Canguru do IMIP atendia, em média, 30 crianças por mês entre 1994 e 1999. Atualmente, esse número cresceu para mais de 40.

O Método Canguru é um modelo de assistência ao recém-nascido prematuro e sua família, internado na Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal, voltado para o cuidado humanizado que reúne estratégias de intervenção biopsicossocial. O bebê prematuro é colocado em contato pele a pele com sua mãe ou com seu pai. Isto ocorre de forma gradativa. Inicialmente os pais tocam seu filho, para depois colocá-lo na posição canguru.

Este contato do recém-nascido com os seus pais se inicia de forma precoce e crescente.
Nos primeiros anos as crianças são acompanhadas por uma equipe interdisciplinar: fonoaudióloga, fisioterapeuta, assistente social, psicóloga, terapeuta ocupacional, neurologista, nutricionista e pediatra Fisioterapeuta, terapia ocupacional, psicólogo, pediatra, nutricionista e neurologista. No IMIP, esse acompanhamento se dá até os 14 anos.

O Método Canguru também permite que os pais tenham uma maior participação nos cuidados neonatais. Ocorre em três etapas: na 1ª, inicia no pré-natal na gestação de alto risco, e, após, na internação do recém-nascido prematuro na Unidade Neonatal; na 2ª , o bebê permanece de maneira contínua com sua mãe e a posição canguru deve ser realizada o maior tempo possível. A mãe participa ativamente dos cuidados do prematuro, e deve estar apta para colocar o bebê na posição canguru. A 3ª etapa é quando o bebê vai para casa e é acompanhado, juntamente com sua família, no ambulatório e/ou em casa até atingir o peso de 2.500 g.

Publicado em Wed Jun 15 11:47:00 CDT 2016

Realize uma busca

Arquivos

ASCOM

Juliana Guerra

Maiara Andrade

Scharlene Guedes

Contato: 81 2122.4724

Logo - Imip

(81) 2122.4100

Rua dos Coelhos | 300 Boa Vista - Recife - PE - Brasil | CEP 50070-550

(81) 2122.4100