Home
Botao pesquisar - Imip

busca

Arquivos

ASCOM

Juliana Guerra

Maiara Andrade

Ísis Lima

Voluntários do IMIP realizam ação no Ambulatório Central

  • Crédito:
  • Crédito:

Na tarde desta quarta-feira (18), o voluntariado do IMIP realizou uma ação, como parte da campanha de Conscientização da Doação de Órgãos da Instituição, no Ambulatório Central. Com música e entrega de panfletos, eles percorreram o prédio informando os usuários sobre a doação de órgãos, quem pode doar e como uma pessoa pode se tornar um doador.

Essa campanha é realizada pelo IMIP todos os anos. Além da ação de hoje, outras atividades serão realizadas até o fim do mês de setembro.

Como posso ser um doador?

Hoje no Brasil, para ser um doador não é necessário deixar nada escrito, em nenhum documento. Basta comunicar a sua família o desejo da doação, que só acontece após a autorização familiar.

Que tipos de doador existem?

Doador vivo: Qualquer pessoa saudável que concorde com a doação, podendo doar um dos rins, parte do fígado, medula óssea e parte do pulmão. Por lei, parentes até quarto grau e cônjuges podem ser doadores, não parentes, somente com autorização judicial.

Doador falecido: Pacientes com morte encefálica comprovada, geralmente vitimas de traumatismo craniano ou AVC (Derrame Cerebral). No caso de parada cardíaca podem ser doados tecidos (Pele e Córnea).

Como posso ter certeza do diagnóstico de morte encefálica?

É regulamentado pelo Conselho Federal de Medicina, são feitos dois exames por médicos com experiência ou especialização, mais um exame complementar que comprove o diagnostico.

Quais órgãos e tecidos pode ser obtidos um doador falecido?

Coração, pulmão, fígado, pâncreas, intestino, rim, córnea, veia, pele, ossos e tendão.

Para quem vão os órgãos?

Vão para pacientes que necessitam de um transplante e estejam aguardando em lista única, definida e regulada pela Central de Transplantes da Secretaria de Saúde de cada estado e controlada pelo Ministério da Saúde.

Após a doação, o corpo fica deformado?

Não. A retirada dos órgãos é realizada em bloco cirúrgico, como uma cirurgia. O doador poderá ser velado normalmente.

Publicado em 18/09/2019 12:59

busca

Arquivos

ASCOM

Juliana Guerra

Maiara Andrade

Ísis Lima

Logo - Imip

(81) 2122.4100

Rua dos Coelhos | 300 Boa Vista - Recife - PE - Brasil | CEP 50070-902

(81) 2122.4100